[Infantil] ESPAÇO CIRQUINHO – Mc’s Babalu e Pimentinha

Sábado, 20 de Março (13h)

Classificação: Livre l Duração: 60 minutos

Apresentam: Babalu e Pimentinha

Convidados e convidadas: Federica e Turipi Tipí | Dani Majzoub | Renato Paio | Leandro Delgado

Atividade via YouTube; Twitch e Facebook. No dia do evento, o link estará disponível na página inicial no site www.circonobeco.com.br!

Convidados e convidadas:

Federica e Turipi Tipí – Intervenção Musical – Cantando para não virar jacaré

Enquanto a vacina não chega para todes, Federica e Turipi decidem soltar a voz e cantar aos quatro cantos pra espantar o tédio do isolamento e convidam vocês a se juntar a essa festa! Então simbora cantar pra não virar jacaré.

Dani Majzoub | O Teatro de Papel – Teatro de animação montada com caixa sapatos

Palhaça e Arte-educadora
Integrante da Cia Casa de Palhaça, pesquisa e atua em espetáculos na linguagem da palhaçaria feminina e no teatro de rua. Realizadora do festival de palhaças do Vale Benditas Genis. Como educadora, realiza oficinas e workshops de iniciação teatral para crianças. A oficina tem como objetivo a construção de um teatro na caixa de sapato e com bonecos de papel para contação de histórias e brincadeiras a cerca do teatro de miniaturas.

Necessidades técnicas: folha sulfite, lápis de cor e canetinha, tesoura sem ponta, palito de madeira (sorvete ou churrasco) cola, uma caixa de sapato.

Renato Paio (Aparelhos de palhaço – Como? Onde? O quê?

Ator e Palhaço, é fundador da Trupe de Peripécias e da Banda circo Strimilicotric. Com formação Profissionalizante em Arte Dramática na Escola Macunaíma e formação circense em monociclo, malabarismo, equilíbrio, mímica, mágica, perna-de-pau e chicote.

Aparelhos de palhaço – Como? Onde? O quê?

Uma demonstração livre de confecção de aparelhos de palhaço como o chorador por exemplo, também referências de onde encontrar e utilização…

Leandro Delgado | Oficina de fitas circenses

Artista Circense, Produtor Cultural, Diretor, Curador, Brinquedeiro e Arte-educador. É a primeira geração circense da sua família, começou a sua paixão pelo circo quando foi trabalhar de vendedor de balões aos 14 anos no Gran Circo Norte Americano. Depois desse momento, começou a trabalhar no comércio, mas sempre teve a arte circense como hobby. Aos 28 anos, deixou de trabalhar no comércio e resolveu estudar a arte circense. Nesse período, fez suas primeiras oficinas de palhaço e malabarismo no Sesc de São José dos Campos em 2012, e iniciou como artista de rua e foi se especializando fazendo diversos cursos, oficinas e workshops em: Oficinas Culturais  Altino Bondesan, SP Escola de Teatro, Teatro da Rua Eliza, Bola de Meia, Piraquara,  FCCR, Convenções, Encontro e Festivais.     

Deixe um comentário